Google Translate

Google Search Brasil Poesias All Web

Google Connect

Google+ Followers

"Quando você ouvir a minha voz... Por favor, entenda..."

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Teu Corpo é Tudo que Brilha: Crônica Literária by Lustato Tenterrara sobre o Poemeto Erótico de Manuel Bandeira:Teu Corpo é Tudo que Brilha Teu Corpo é Tudo que Cheira Rosa Flor de Laranjeira

Teu Corpo é Tudo que Brilha: Crônica Literária by Lustato Tenterrara sobre o Poemeto Erótico de Manuel Bandeira:Teu Corpo é Tudo que Brilha Teu Corpo é Tudo que Cheira Rosa Flor de Laranjeira

Adiante, um fragmento do post, no Blog "Teu Corpo é Tudo Que Brilha".

É! Também é nosso.

Um abraço.
Lustato



"(...)


Adoro quando as pessoas escrevem um texto, um poema, uma frase de alguém, e lhe dão o devido crédito. Assim é que, em 1.º de Janeiro deste ano de 2010, Katherine publicou, na íntegra o poema de Bandeira.

Fêz-lo, porém, numa versão equivocada que circula na net. Enquanto eu buscava o teor do poema (para fazer um comentário em uma página literária do Recanto das Letras), verifiquei que algo estava errado, pois em todas as páginas que vieram do Google, alguém engoliu a letra inicial da palavra CANTIGA, e em todas estava escrito ANTIGA, que destoa completamente o verso. Em nenhum momento, porém, acreditei que Bandeira diria "antiga" naquele verso que somente cabe se for "cantiga".

Assim vasculhei a web, até localizar o texto correto, o que ocorreu ao visitar a página da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco)
Fonte: http://www.cin.ufpe.br/~ago/poesias/mbandeira

Ao ler o poema correto no site da UFPE, verificamos que lamentavelmente a versão que circula equivocada na web, também altera a ordem dos versos e o título do poema de Manuel Bandeira, que é: "Poemeto Erótico".

Êi-lo aqui, na íntegra:

"Poemeto Erótico"
(Manuel Bandeira)

"Teu corpo é tudo o que brilha
Teu corpo é tudo o que cheira
Rosa, flor de laranjeira

Teu corpo, claro e perfeito
Teu corpo de maravilha
Quero possuí-lo no leito estreito da redondilha

Teu corpo, branco e macio
É como um véu de noivado.
Teu corpo é pomo doirado,
Rosal queimado de estio
Desfalecido em perfume
Teu corpo é a brasa do lume

Teu corpo é chama
E flameja como à tarde os horizontes
É puro como nas fontes a água clara que serpeja,
Que em cantigas se derrama, volúpia da água e da chama

Teu corpo é tudo o que brilha,
Teu corpo é tudo o que cheira.

A todo momento o vejo
Teu corpo, a única ilha no oceano do meu desejo."
(Manuel Bandeira)
Fonte: http://www.cin.ufpe.br/~ago/poesias/mbandeira

Aliás, esse poema é tão bonito e tão perfeito que o tenho guardado no peito, como se fosse uma co-autoria minha com Manuel Bandeira, vez que os versos penetram meus sentidos, como se fossem meus, assim como os ingleses pensam (pensavam) ser o mar, deles.

Bom. Mas a página, o Blog Flor de Laranjeira vale a pena visitar."


Um abraço.

Lustato Tenterrara
Amor & Poesias Messenger Love & Passion of Lustato Tenterrara
http://www.lustatotenterara.com


http://bit.ly/MeuSite


http://bit.ly/Lustato



Brasil Poesias Rede de Músicas e Relacionamentos

http://BrasilPoesias.ning.com


http://bit.ly/minharede


http://bit.ly/lustato



http://SidewikiGoogle.ning.com


http://GoogleSidewiki.ning.com



http://SidewikiConhecer.blogspot.com


http://SidewikiBrasil.blogspot.com


http://SidewikiPoesias.blogspot.com



http://AmazoniaBrasil.ning.com


http://GreenPeaceBrasil.ning.com


http://Yes-EuAcreditoEmDeus.ning.com


http://IBelieveInGod.ning.com
referente a:
"Rosa Flor de Laranjeira"
Rosa Flor de Laranjeira

ver no Google Sidewiki
)


Compartilhar Twitter
Dois Loucos na Pradaria
Veja alguns de nossos posts neste blog. Você poderá gostar também desses:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

LinkWithin recomenda os seguintes posts:

Desde 2009 :: Postagens Mais Acessadas

Pesquisar neste Blog Oficial, Links direcionais ou Toda a Web